ACIMA UM MIMO PARA VOCÊ! 

UMA BELA CANÇÃO QUE TRABALHA

 O NOSSO SENTIMENTO!          

NOVIDADE!!!            ATENÇÃO! ATENÇÃO!

                       <<<<< FAQ ESTUDO -

 Divaldo Franco fala sobre a Copa do Mundo!

    

EM DESTAQUE:

*Estudo Comentado do Livro - 

"Palavras de Vida Eterna".

"JULHO

 
 

Jesus, nosso irmão amado é a grande LUZ irradiada todos os dias, derramando sobre nós os conhecimentos divinos. Neste espaço tenho por objetivo a divulgação da Doutrina Espírita à luz dos ensinos do nosso Mestre Jesus. A intenção primeira é espalhar a “Boa Nova” e, com isso, buscar a edificação do Reino de Deus entre nós.

Que Jesus com Sua bondade celeste, Sua pedagogia amorosa, nos conduza nos caminhos do Bem, pois só ELE é “o caminho, a verdade e a vida”.

Confiemos no Nazareno e saibamos que com ELE não há tribulações que nos venham desestabilizar a alma, que clama por LUZ DIVINA.

“O Luminário” é Jesus trazendo, através de seus seguidores fiéis, Sua palavra à Terra, de forma esclarecedora e digna.

Postarei aqui os estudos feitos nas  Casas espíritas onde, na tarefa da oratória, eu falo em nome do nosso amado Mestre Jesus . É, também, uma forma de agradecimento a todos os irmãos de ideal espírita, que anonimamente, me ajudaram com seus estudos na Internet, seja por meio de palestra, vídeo, áudio e pps. A todos, o meu muito obrigada.

Coloco à disposição dos irmãos os estudos realizados até aqui, nestes 3 (três) anos de tarefa. Autorizo o download de todo o material.

Sejamos nós, seguidores do Cristo Jesus e que ELE nos fortaleça a fé, a coragem e a esperança e que possamos implantar no planeta a ideia verdadeira e fidedigna do AMOR do nosso PAI CELESTIAL.

Que a divina luz de Jesus ilumine e proteja a todos!

 Abraço fraternal!

 

 Luiza Camargos 

Estudo Comentado do Livro: "PALAVRAS DE VIDA ETERNA"

Espírito: Emmanuel e Médium: Francisco Cândido Xavier

Periodicidade: SEMANAL
Equipe de Estudo da Quarta-feira
Reunião de Tratamento Espiritual
Grupo de Fraternidade Espírita Irmão Vitor
 

LIÇÃO 51 : NO SOLO DO ESPÍRITO

"E outra caiu em boa terra e deu fruto;  um a cem,

outro  a sessenta  e outro a trinta" -

Jesus ( Mateus, 13:8)

 

Referindo-nos à parábola do semeador, narrada pelo Divino Mestre, lembremo-nos  de

que  o campo da vida é assim como a terra comum.

Nele encontramos criaturas que expressam glebas espirituais de todos os tipos.

Homens-calhaus...

Homens-espinheiros...

Homens-milhafres...

Homens-parasitas...

Homens-charcos...

Homens-furnas...

Homens-superfícies...

Homens-obstáculos...

Homens-venenos...

Homens-palhas...

Homens-sorvedouros...

Homens-erosões...

Homens-abismos...

Mas surpreendemos também, com alegria, os homens-searas, aqueles que  reunindo

consigo  o solo produtivo do caráter reto, a água pura dos sentimentos nobres, o adubo da

abnegação,  a charrua do esforço próprio e o suor do trabalho constante, sabem albergar

as sementes divinas do conhecimento superior, produzindo as colheitas do bem para os

semelhantes.

Reparemos a vasta paisagem que nos rodeia, através da meditação, e, com facilidade,

por nossa atitude perante os outros, reconheceremos de pronto que espécie de terreno

estamos sendo nós."

 

COMENTÁRIO  

 

 O título da lição nos remete à parábola do Semeador, Mateus, 13:18,  que nos alerta para o aproveitamento das bênçãos que nos são enviadas ao solo de nossos espíritos. Nesse versículo de Mateus, diz-se sobre as sementes que são semeadas na terra de nossos corações: “e outra caiu em boa terra e deu fruto; um a cem, outro a sessenta e outro a trinta.”.

Dessa forma, subentende-se que os terrenos são diferentes e, por isso, apesar de a semente ser a mesma, a produção dos frutos será diferenciada também.  

Essa parábola nos traz uma preciosa  alertiva: como estamos conduzindo as nossas vidas? De que maneira recebemos os ensinamentos do Mestre Jesus Cristo: como apenas uma semente sem valor caída ao chão, levada pelo vento ou pela chuva? Ou como um tesouro precioso que devemos cultivar e cuidar?

Assim, nesta lição, o espírito Emmanuel, para que pesquisemos nosso interior, nos esclarece sobre os vários tipos de “glebas espirituais” que impedem o livre desenvolvimento da Semente Divina.

Segundo ele, há os corações duros, empedernidos, os agressivos, os homens-milhafres, ou seja, desonestos, gatunos; os exploradores, os perversos e os corações que impedem o progresso.

Quando refletimos acerca da variedade de tipos de homens-solo, relacionada pelo nosso mentor, nos reportamos à Lei de Liberdade. Esta nos informa do presente recebido dos céus, o livre arbítrio, que serve de ferramenta diária, a nós outros, para a escolha dos elementos espirituais que nos garantirão “colheitas do bem para os semelhantes.”

Não olvidemos a importância dessa lei em nossas vidas, pois através da forma de pensar e, consequentemente, de agir, vamos preparando e lançando no solo de nossos  corações as sementes que redundarão a essência do nosso ser, trazendo para perto de nós as paisagens dos nossos louros ou dos nossos fracassos espirituais.

No entanto, há os homens-seara, em cujo coração  reúnem abnegação, ética  crística e sentimentos nobres, e nesse solo produtivo encontram-se os elementos propícios para acolher a Semente Divina e fazê-la reproduzir em benefício de seu semelhante.

 Assim, Emmanuel nos mostra a qualidade do terreno em que a boa semente é lançada, e, devido a isso, o resultado produzido. O espírito benfeitor ainda nos sugere a observação e a meditação sobre as nossas atitudes perante os outros, a fim de que possamos avaliar a espécie de terreno que representamos e o que cultivamos em nossa intimidade.

Já que podemos estar na condição de homens-calhaus, homens-espinheiros, homens-obstáculos, homens-palhas e homens-venenosos. Todavia, também podemos estar acolhendo com carinho e respeito as sementes de Jesus Cristo e nos transformando, gradativamente, em homens-esforços, homens-alegria, homens-coragem, homens-esperança, homens-serviço, homens-perseverança e homens-otimismo.

Entretanto, tudo depende de nossas escolhas e boa vontade para recebermos com carinho e respeito a semente-amor que nos é dada pelo nosso Pai Celestial. Já que no solo de nossos espíritos, segundo Emmanuel, toda e qualquer semente que plantarmos dará fruto. 

 
 

            PVE 51 EstComentado.docx (20810)

PVE 48 EstComentado.docx (16269)

PVE 47 EstComentado.docx (17304)

PVE 46 EstComentado.docx (17586)

PVE 45 EstComentado.docx (17644)

PVE 44 EstComentado.docx (17696)

PVE 43 EstComentado.dcx (17534)

 

EQUIPE DE ESTUDOS DE QUARTA-FEIRA 

 REUNIÃO de TRATAMENTO ESPIRITUAL DO G.F.E. IRMÃO VITOR

Início:  Maio de 2014
 

Galeria de fotos: Estudos Espíritas

A galeria de fotos está vazia.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!